.mais sobre nós

.pesquisar

 

.Março 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
22
23
24
25
26
27
28
30
31

.posts recentes

. Chegou a Primavera

. ...

. Sites de interesse

. "Gosto de ti"

. ...

. ...

. Era uma vez...

. Tenho uma casinha

. Remodelações

. Os bons dias

.arquivos

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

.tags

. todas as tags

.Visitas

Web Site Counter
Free Counter
blogs SAPO
RSS
Quarta-feira, 21 de Maio de 2008

Ter um animal de estimação

Há muitas razões que levam as pessoas a ter um animal de estimação, mas, infelizmente, também há muitas pessoas que não pesam os prós e contras antes de o fazerem...

Ter um animal de estimação é, antes de mais, uma grande responsabilidade e não apenas mais um "brinquedo vivo" que se compra.

Isto porque, apesar de haver gente que pensa bem antes de tomar qualquer decisão, há muitos que levam filhotes de animais para casa apenas porque são bonitinhos.

 

Para ter um animal é preciso:

 

Gostar realmente de animais.

  Saber que se vai assumir um compromisso por 15 anos (tempo aproximado de vida de um cão ou gato).

Ter uma situação económica que permita dar ao cão (ou gato) uma vida adequada (alimentação, veterinário, passeios...).

Lembrar que os filhotes são muito engraçados, mas até cerca dos oito meses (período de aprendizagem básica) eles fazem as suas necessidades em todo o lado.

Compreender que nenhum animal irá desenvolver inteligência e percepção se estiver sempre preso a uma corrente, na casa de banho ou em casa, vendo sempre as mesmas coisas e sem o carinho do seu dono.

  Dispor de tempo para lhe dar afecto, banho e levá-lo a passear.

Dar alimentação em horários certos para que o seu intestino funcione também em horários regulares.

Não ser alérgico a pêlos, penas ou outras coisas.

Ter paciência para enfrentar a incompreensão dos que não gostam de animais.

Compreender que um amigo sincero, leal e companheiro não pode ser abandonado.

 

 


E já que estás a pensar em ter um animal de estimação, pensa em adoptar um cão ou gato abandonado em vez de comprar um filhote numa loja de animais.

publicado por lú às 21:56
link do post | comentar | favorito

.links

.Memórias


.Online

who's online