.mais sobre nós

.pesquisar

 

.Março 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
22
23
24
25
26
27
28
30
31

.posts recentes

. O que está na varanda?

. Baila o cão

. Bichinha gata

. Voa voa Joaninha

. Lengalenga

. A Casa do João

. Era uma vez um gato maltê...

. Os 10 soldadinhos

. Tranglomango

. O tempo...

.arquivos

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

.tags

. todas as tags

.Visitas

Web Site Counter
Free Counter
blogs SAPO
RSS
Domingo, 17 de Maio de 2009

O que está na varanda?

    - Que está na varanda?
- Uma fita cor de ganga.
- Que está à janela?
- Uma fita amarela.
- Que está no poço?
- Uma casca de tremoço.
- Que está na pia?
- Uma casca de melancia.
- Que está no telhado?
- Um gato  pingado.
- Que está na chaminé?
- Uma preta a coçar o pé.
- Que está na rua?
- Uma espada nua.
- Que está atrás da porta?
- Uma velha morta.
- Que está no ninho?
    – Um passarinho.

publicado por lú às 12:51
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 28 de Outubro de 2008

Baila o cão

Baila o cão
baila o gato
baila o feijão carrapato
carrapato, carrapatinho
baila mais um bocadinho

 

publicado por Lita às 21:10
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 16 de Junho de 2008

Bichinha gata


Bichinha gata
Que comeste tu?
Sopinhas de leite
Onde as guardaste?
Debaixo da arca
Com que as tapaste?
Com o rabo do gato
Sape, sape, sape!
publicado por lú às 15:04
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 11 de Junho de 2008

Voa voa Joaninha

Voa, voa Joaninha
que o teu pai está em Lisboa
com um caldinho de galinha
para dar à Joaninha.
Voa, voa Joaninha,
que o teu pai está em Lisboa
com um rabinho de sardinha
para comer, que mais não tinha.

 

publicado por lú às 20:22
link do post | comentar | favorito

Lengalenga

Chove chuvisca
Água mourisca
Filha de rei
Maria Francisca.
Rei, rainha
Carlota Joaquina
Fidalgo ladrão
Menina bonita
do meu coração.

publicado por lú às 11:32
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Segunda-feira, 26 de Maio de 2008

A Casa do João

Aqui está a casa
que fez o João.
Aqui está o saco do grão e feijão
que estava na casa
que fez o João.
Aqui está o rato
que furou o saco de grão e feijão
que estava na casa
que fez o João.
Aqui está  o gato
que comeu o rato
que furou o saco de grão e feijão
que estava na casa
que fez o João.
Aqui está o cão
que mordeu o gato
que comeu o rato
que furou o saco de grão e feijão
que estava na casa
que fez o João.

publicado por lú às 11:38
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Sexta-feira, 23 de Maio de 2008

Era uma vez um gato maltês

Era uma vez
um gato maltês
tocava piano
e falava francês

A dona da casa
chamava-se Inês
e o número da porta era o trinta e três

era muito bonito
e não era mau
também cantava
miau, miau, miau

 

 

 

 

publicado por lú às 19:00
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 20 de Maio de 2008

Os 10 soldadinhos

Marcham 10 soldados, ai, mas como chove!
Um escorregou na lama, só ficaram 9.
Os nove soldados cearam biscoito, um comeu demais, só ficaram 8.
Os oito soldados seguem o cadete,
Perde-se um na estrada, só ficaram 7.
Vão sete soldados apanhar papéis,
Um foge para casa, só ficaram 6.
Estes seis soldados acharam um brinco,
Um vai ao ourives, e só ficaram 5.
Os cinco soldados encontraram um rato,
Um foge assustado, e só ficaram 4.
Os quatro soldados vão lavar os pés,
Cai um no ribeiro, e só ficaram 3.
Ficam três soldados a guardar os bois,
Um vai para toureiro, e só ficaram 2.
Dos dois um deitou-se a fazer ó - ó,
Foi-se embora o outro, e ficou 1 só.
Este era o tambor, e fez: trrum-tum-tum
Cai de cansaço, não ficou nenhum.

publicado por Lita às 20:17
link do post | comentar | favorito

Tranglomango

Minha mãe teve dez filhos
todos dez dentro de um pote:
deu o tranglomanglo neles,
e não ficaram senão nove

Desses nove que ficaram
foram amassar biscoito:
deu o tranglomanglo neles,
não ficaram senão oito.

Desses oito que ficaram
foram pentear o tapete:
deu o tranglomanglo neles,
não ficaram senão sete.

Desses sete que ficaram
foram esperar os reis:
deu o tranglomanglo neles,
não ficaram senão seis.

Desses seis que ficaram
foram depenar um pinto:
deu o tranglomanglo neles,
não ficaram senão cinco.

Desses cinco que ficaram
foram depenar um pato:
deu o tranglomanglo neles,
não ficaram senão quatro.

Desses quatro que ficaram
foram matar uma rês:
deu o tranglomanglo neles,
não ficaram senão três.

Desses três que ficaram
foram dar comida aos bois:
deu o tranglomanglo neles,
não ficaram senão dois.

Desses dois que ficaram
foram matar um perú:
deu o tranglomanglo neles,
e não ficou senão um.
 

E esse um que ficou
foi ver amassar o pão:
deu o tranglomanglo nele,
e acabou-se a geração.

publicado por Lita às 20:09
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 19 de Maio de 2008

O tempo...

O tempo pergunta ao tempo
Quanto tempo o tempo tem.
O tempo responde ao tempo
Que o tempo tem tanto tempo
Quanto tempo o tempo tem.

 

publicado por lú às 13:52
link do post | comentar | favorito

.links

.Memórias


.Online

who's online